mínimo
Attachment-1 (40) (2).jpeg

####29

 

  1. das palavras que eu não.

     tinha

 

     2.um órgão para o tempo

 

 "E desde então sua falta de memória até se havia agravado, uma vez que Hans Castorp já ignorava séria e constantemente quantos anos tinha. Isso talvez pareça fantástico, mas está longe de ser pasmoso ou inverossímil que sob determinadas condições pode acontecer a cada um de nós a qualquer instante; supostas tais condições, nada nos resguardaria de mergulharmos na mais profunda ignorância quanto ao curso do tempo, e de perdermos, por conseguinte, a noção da nossa idade. Esse fenômeno é possível, já que absolutamente não temos no nosso interior um órgão para o tempo, o que nos torna incapazes de avaliar este apenas aproximadamente pelas nossas próprias forças e sem nos basear em indícios exteriores." A Montanha Mágica, pg 742